O que é Estrutura Paralela?

O que é Estrutura Paralela?

Provavelmente você já ouviu falar sobre esse elemento estrutural, talvez de outra maneira. Se já ouviu falar de histórias paralelas, narrativas paralelas, escrita não linear, estamos falando exatamente das mesmas coisas! Calma, nós vamos explicar. 

Esse termo se refere à história onde o escritor inclui mais de uma narrativa, geralmente essas narrativas separadas se unem por meio de um personagem, tema, lugar, evento, época. Essas histórias que acontecem simultaneamente, mas separadas, são paralelas. Daí vem o nome de estrutura paralela. 

Esse tipo de história enriquece muuuito um texto, mas para isso precisa ser estudada e testada. Bora ver como? 

Entendendo a Estrutura Paralela: 

A característica principal de um romance com tramas paralelas é não ser linear. 

Um texto literário linear segue um protagonista ou uma trama desde um início, com apresentação de um conflito, até a sua conclusão. 

Isso não serve para um texto que será trabalhado com paralelos. Nesse tipo de texto, você pode pular linhas do tempo e mesclar protagonistas, você não firma acordo de seguir uma linha de construção narrativa. 

Para trabalhar estrutura paralela, é preciso saber muito bem qual é o objetivo do seu texto. Afinal, essa construção precisa incluir mistério, motivação, drama, um objetivo para ser como é. 

É necessário pensar em quantas linhas narrativas você consegue trabalhar. Uma combinação básica que permite um bom treinamento é dividir o texto em duas linhas, você pode testar suas habilidades contando uma mesma história, pode abordar pontos de vistas separados, em dois tempos diferentes, ou que mescle as interações dessas duas partes em algum ponto.

É importante lembrar que independentemente da estrutura paralela, uma narrativa trabalha um ponto de conflito, um clímax e uma conclusão. Seja em um livro ou em mais volumes. Não se pode esquecer que o romance precisa de uma resolução. 

Alguns textos mais complexos trabalham com muitas linhas, como é o caso da aclamada série de livros das Crônicas de Gelo e Fogo, de George R. R. Martin, onde o autor explora, não apenas personagens, como períodos, assuntos e eventos. 

O que pode ajudar um escritor a desenvolver estruturas paralelas em seu texto, é criar um Outline para cada uma das linhas ou desenvolver a trama por meio do método floco de neve, para evitar se perder. Aqui no blog já abordamos como fazer esses dois métodos de organização de escrita.

Ah! Essas estruturas mais complexas, com mais construções, são mais comuns em gêneros de ficção, como fantasia, ficção-científica, mistério e suspense, mas tem ganhado força também em romances. 

Saiba que as estruturas variadas de narrativas não-lineares são muitas vezes confusas para os jovens leitores, pense muito bem se o seu público-alvo está preparado para receber um texto assim. Se sim, essa é mais uma opção de estrutura para que você surpreenda seus leitores com um novo jeito de criar histórias. 

E aí, curtiu? Já ouviu falar de estrutura paralela? 

Publicar um livro deve sempre ser surpreendente, e desafiar o escritor na criação, mas na hora de publicar? Não! Na hora de publicar você pode contar sempre com a gente, optar pela autopublicação para materializar o seu sonho de maneira simples e prática, aqui na UICLAP

Aproveite para dividir os seus testes e estudos com seus leitores ou nas redes sociais. Assim você terá criado um material pelo qual o leitor estará ainda mais curioso para ver o resultado, porque ele acompanhou toda a preparação. 🙂

O que é Estrutura Paralela?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para o topo