Publiquei meu livro, e agora? Como vou vender meu livro?

como vender meu livro

Se estiver lendo esse texto, é porque está buscando informações sobre como vender o seu livro, não é mesmo?! Parabéns, esse é o passo principal: pesquisar e, claro, aprender. Este texto tem como público-alvo, pessoas que acreditam em seu conteúdo e buscam, de alguma forma, alavancar as suas vendas e a sua carreira como escritor.

Primeira dica: não acredite em nada e em ninguém que prometa vendas. Ninguém pode, de maneira alguma, garantir que seu livro será vendido, muito menos cobrar por isso. Você irá simplesmente perder dinheiro e se frustrar, lembre-se que não existe atalho.

Partindo do princípio básico que seu livro já tem uma capa bem-feita, criativa, que conversa com seu público-alvo, e que você sabe para quem escreve, falta, portanto, criar engajamento.

Adote uma estratégia

Você acabou de publicar seu livro, ficou feliz, está motivado, e rapidamente se dedica a compartilhar nas suas redes sociais que seu livro agora está disponível para venda.

Você faz isso por uma semana, e nada de vendas, por um mês… e nada de vendas, após um período repetindo essas ações, você desiste. Muitas vezes, fica decepcionado porque nem mesmo as pessoas mais próximas o adquiriram, não é isso? 

Naturalmente você desiste ou passa a acreditar que o problema é não ter grana suficiente para investir em marketing, mas já parou para pensar que simplesmente você está sem estratégia, ou que, claramente, o que está fazendo não funciona, então deve adotar uma outra atitude?

Ter uma estratégia pode fazer toda a diferença

De maneira geral, a pergunta é: como investir pouco, de maneira assertiva, de forma a potencializar as vendas?

O primeiro ponto a se entender é: vender qualquer coisa não é fácil.

É necessário ter paciência, resiliência e, muitas vezes, algum investimento.

O Livro em especial, não é como outro bem de consumo, onde é possível fazer um teste-drive, ou dar uma mordidinha e etc. 

Livros são uma caixinha de surpresa, nunca se sabe o que iremos encontrar, por isso a indicação faz toda a diferença. 

No texto vamos abordar algumas dicas baseadas nos escritores Uiclapers que conquistaram grandes vendas.

Publiquei, e agora?

Ao publicar o livro, sua última preocupação deve ser com as vendas, por quê? Porque não irão acontecer, ou, quando muito, você terá algumas poucas vendas para alguns conhecidos e, naturalmente, ficará frustrado. 

O motivo é simples, você ainda não tem leitores, tem familiares e amigos.

A questão é: como criar leitores de maneira eficiente e eficaz? Aprenda a criar engajamento.

Você tem duas importantes armas para criar o engajamento: seu livro físico e a internet, sendo mais específico, as redes sociais. Ou seja, uma vantagem incrível, se formos comparar com os outros escritores há alguns anos, quando não se tinha internet e custava muito realizar anúncios.

Use o seu livro como uma importante ferramenta de engajamento. Ao invés de esperar que amigos e familiares comprem seu livro, que tal presenteá-los, fazer dedicatórias e pedir que postem e indiquem nas redes sociais, iniciando assim o boca a boca?!

Pense, é importante você divulgar seu livro, claro, mas nunca terá o mesmo peso quando outra pessoa o faz, afinal, para uma mãe, o próprio filho é sempre o mais bonito.

Realizar o lançamento, é uma maneira poderosa de engajar, enviar o livro a influencers do mercado editorial é uma tática inteligente, por necessitar de um investimento baixo e possibilitar um grande alcance. 

Dê o seu livro de presente em datas comemorativas como Natal, aniversários e outras, isso pode render conteúdo em redes digitais e, claro, o tão importante boca a boca. 

Repare que até agora basta ter alguns exemplares em mãos para executar as dicas. Adquirir seu próprio livro, nunca é dinheiro perdido. 

Trabalhe suas redes sociais, pense em seus posts, se não tiver nada para postar, não poste. Faça parcerias com outros escritores, crie grupos de Whatsapp, realize sorteios periódicos, enfim, as redes sociais facilitaram a divulgação.

A conclusão que chegamos, de acordo com os escritores que mais vendem na UICLAP

A melhor estratégia é investir apenas em ter alguns exemplares do seu próprio livro para realizar um lançamento, presentear, enviar para influencers e compartilhar nas redes sociais. Se o conteúdo agradar, você terá vendas.

Vamos entender um pouco mais sobre o mercado editorial, e aqui vale fazermos um exercício comparativo entre o mercado antes e pós internet. 

Como falamos anteriormente, os escritores antes da internet, não podiam contar com a facilidade das redes sociais para divulgar o livro e engajar leitores, os canais de venda eram somente as livrarias físicas que atendiam o mercado regional, e praticamente existiam somente as editoras tradicionais como forma de viabilizar a publicação. Época difícil, não?!

Sobre o mercado editorial

Com a internet muita coisa mudou, inclusive o hábito de compra do consumidor que, hoje em dia, compra praticamente tudo pela internet, e este canal de vendas é o que mais cresce (de 2018 para 2019  a compra de livros pelos e-commerces cresceu mais de 300% enquanto livrarias físicas tiveram uma retração no mesmo período de 17%  e os livros digitais tiveram somente 4% de participação ou seja 96% das vendas foram de livros físicos;  fonte: Câmara Brasileira do Livro / Sindicato Nacional das Editoras de Livro / Nielsen Book http://cbl.org.br/servicos/pesquisas-de-mercado https://snel.org.br/pesquisas/).

Saiba mais sobre os dados do mercado editorial

Com os e-commerces de livros abrangendo todo o território nacional, muitas vezes o internacional e não se tem mais necessidade de livrarias físicas, por isso muitas fecharam as suas portas, um bom exemplo são as locadoras de filmes, que hoje em dia não existem mais, e o motivo simples é o surgimento de empresas como a NETFLIX, o cliente mudou a forma como consome o produto, ele não deixou de assistir filme. Portanto, apostar que um livro pode ter mais vendas só por estar presente em livrarias, não faz muito sentido. 

Outra vantagem que a internet traz, é a possibilidade de realizar divulgação de maneira barata e com um ótimo alcance e público segmentado. Tudo sem muitos esforços se formos comparar com antigamente. Afinal, é possível divulgar qualquer produto sem sair de casa.

Finalmente a internet, bem como a tecnologia, nos trouxeram as plataformas de autopublicação como a UICLAP, oferecendo um novo meio para que todos possam realizar a tão sonhada publicação. O mercado já não depende exclusivamente de editoras tradicionais.

Podemos concluir que hoje em dia publicar um livro é para todos, divulgar um produto nunca foi tão simples e os e-commerces viabilizaram a venda. Tudo isso sem precisar sair de casa.

Publiquei meu livro, e agora? Como vou vender meu livro?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo