Como simplificar a escrita de um livro

dica autopublicação

Para escrever um livro não é necessário muita coisa, basta caneta e papel ou um computador com um programa de texto. Falando assim até parece simples, não é? Mas só quem passa pela experiência de escrever um livro sabe que o processo é mais complexo que isso. Mas estou aqui hoje para simplificar tudo isso e te ajudar a escrever o seu livro (se você quer publicar aqui na UICLAP, escrever é o primeiro passo 😉)

Primeiro passo de como escrever um livro

A primeira coisa que você deve fazer para escrever seu livro é saber qual é o tema, assunto ou história que você deseja transmitir para o seu público, seus leitores. Algumas perguntas podem te ajudar a definir isso:

  • Sobre o que você gostaria de falar?
  • Por quais assuntos você se interessa que seria igualmente interessante para os leitores?
  • Por qual tema você é apaixonado e poderia pesquisar e escrever por muito tempo?
  • Qual história te impressiona ou aquece seu coração?

Quando você já souber o quê quer escrever, agora é hora de definir se o seu livro será de ficção ou não-ficção. Isso é importante porque dependendo disso os livros têm diferentes estruturas de escrita.

Na ficção, uma história é construída e desenvolvida, é o que chamamos de narrativa. Já nos livros de não-ficção, o assunto é apresentado logo no início, contextualizado e o público não gosta de muita enrolação.

Segundo passo de como escrever um livro

Agora que você já definiu o assunto do seu livro e se ele será de ficção ou não-ficção, o próximo passo é sentar e escrever. Não tem como se enganar: a escrita é um processo longo, que pode ser muito divertido ou cansativo, mas precisa ser feito para o seu livro ficar pronto. Então, sente e escreva. Não tem outro jeito. E o que pode te ajudar nesse processo?

  • Organização da estrutura; Sabe os roteiros de cinema? Sem eles seria uma confusão dos diabos saber o que gravar a seguir e como conduzir a história. Seu livro também deve ter uma organização da estrutura para evitar essa confusão.
  • Liste os pontos principais do seu livro. Eu falei “liste”, e não “escreva tudo”. Escreva em tópicos, de forma breve, seus pontos principais. Essa etapa não pode servir como uma procrastinação disfarçada, ok?
  • Saiba o que acontecerá no início, meio e fim do seu livro. Na sua narrativa deve acontecer alguma mudança. Seus personagens devem começar de um jeito e terminar de outro (ficção), ou seu leitor deve começar com um conhecimento A e terminar com um conhecimento B (não-ficção). O importante é: escreva livros que se desenvolvem na história ou no tema. Eles têm que ser interessantes ou úteis. Sem nenhuma das duas coisas, não temos um livro, temos um amontoado de folhas que não agrega em nada para os leitores.

Se quiser mais dicas de como escrever um livro, veja esse vídeo:

E o mais importante de tudo: não espere o momento ideal para escrever. Ele nunca vai chegar. Persista, termine sua história e publique aqui na UICLAP. Beijos da Pam 😘 me siga no Instagram @palomafbrito para mais dicas.

Como simplificar a escrita de um livro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo