A Guerra das Espingardinhas – Antônio Carlos Guimarães

A Guerra das Espingardinhas - Antônio Carlos Guimarães

ANTÔNIO CARLOS GUIMARÃES, tratado por GUIMA, é bacharel em Ciências Contábeis e Auditor-Fiscal da RFB aposentado, com experiência profissional na Área CONTÁBIL, EMPRESARIAL, de DOCÊNCIA e de ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA (Auditoria, Gestão, Ensino e Treinamento, Redação e Comunicação).

Expositor e autor de livros espíritas (SÉRIE APRENDIZADO ESPÍRITA), memórias familiares e da terra natal (SÉRIE HISTÓRIAS DE AGUINHAS), Redação, Ensino & treinamento e Gestão (SÉRIE TEXTO PR@TICO) e Contabilidade para aprendizes (SÉRIE CONTABILIDADE PR@TICA), disponíveis no site da UICLAP e da AMAZON.

Neste A GUERRA DAS ESPINGARDINHAS, o autor, como vem fazendo na Série HISTÓRIAS DE AGUINHAS, procura resgatar costumes, brincadeiras e o modo de falar das pessoas com quem conviveu na infância, especialmente os avós, que tiveram papel fundamental em sua criação/formação.

Para contar essa história – que foi recriada com base nas batalhas de espingardinhas de milho que praticava com os amigos de infância – ele fez uso de um recurso narrativo à la Gertrude Stein, falando de si mesmo e de suas brincadeiras de criança por meio de uma narradora/menina, arteira como Pélica (1), geniosa como Emília (2), mordaz como Morley (3), que conta as aventuras na primeira pessoa, de forma alegre, dinâmica, numa linguagem cheia de sentenças terminantes, ditos curiosos e frases e expressões costuradas por hifens, muitos deles correntes na língua e outros criados por ela mesma.

Com esse artifício, a menina Maria Bela funciona como uma “testemunha fictícia” da história e a narra do seu ponto de vista, além de colar trechos de um “diário” que supostamente elaborara na sua infância/adolescência.

O livro traz a história de um grupo de meninos e meninas — a Turma da Tiradentes — que eram muito unidos, ativos e arteiros, e que, para se defender de um grupo rival agressivo e malvado, tiveram que fazer uma guerra — que ficou conhecida nas tradições de Aguinhas como A GUERRA DAS ESPINGARDINHAS.

Ao final, foi inserido o VOCABULÁRIO DE AGUINHAS, com frases, ditos e expressões utilizados na elaboração do livro.

(1) Sílvia Pélica na Liberdade. Alfredo Mesquita (2) Memórias da Emília. Monteiro Lobato (3) Minha vida de menina. Helena Morley

Os bastidores do livro e os cenários da história

O post do meu site pessoal (guimaguinhas.prosaeverso.net), trago informações sobre: Personagens da história – Quem é Maria Bela? – Recursos narrativos – Livros inspiradores – Vocabulário de Aguinhas – Cenários da história – Referências ao meu livro de memórias MENINO-SERELEPE (também editado pela UICLAP)

Veja neste link: https://guimaguinhas.prosaeverso.net/blog.php?idb=57716

Autor(a): Antônio Carlos Guimarães

Saiba mais sobre o(a) autor(a): uiclap.bio/guimaguinhas

A Guerra das Espingardinhas

A Guerra das Espingardinhas – Antônio Carlos Guimarães

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo