05 Escritores Autopublicados Que Se Tornaram Best-sellers

05 Escritores Autopublicados Que Se Tornaram Best-sellers

Se lançar no mercado editorial pode parecer um desafio, mas quando o escritor acredita no seu potencial, consegue vencer os desafios e se destacar! 

Com toda a certeza, se você é um escritor independente, já ouviu inúmeros argumentos vindos de grandes editoras tradicionais, ou comerciais, sobre a desvantagem de se autopublicar. 

O que esses argumentos esquecem de mencionar, é que o mercado independente sempre existiu, lançou autores de renome e segue promovendo cada vez mais escritores ao sucesso. Conheça agora 05 histórias de escritores que acreditaram e investiram na autopublicação e se tornaram Best-sellers! 

Edgar Allan Poe – (1809 – 1849)

Durante o ano de 1827, servindo no exército dos Estados Unidos, sob o pseudônimo “Edgar A. Perry”,  o autor publicou de forma independente uma obra com doze peças poéticas, Tamerlane e Outros Poemas, obra essa publicada “Por um Bostoniano”. Fez uma tiragem de menos de 50 volumes.

Poe é um dos nomes mais influentes do terror na literatura até os dias de hoje.

Anna Todd – (1989 – Dias atuais)

Considerada ‘o maior fenômeno literário de sua geração’, Anna Renee Todd começou a escrever na plataforma de leituras e textos independentes Wattpad.

Sua obra, After, bateu mais de 1,6 bilhão de leituras na plataforma e a Gallery Book publicou o material impresso, que ganhou continuações, traduzidas atualmente em centenas de idiomas pelo mundo.

Amanda Hocking – (1984 – Dias atuais)

Cansada das rejeições do mercado tradicional, Amanda partiu para a autopublicação, seus livros ganharam público por meio da sua divulgação independente e da repercussão dos leitores, em um ano, a escritora faturou mais de 2 milhões com as suas obras.

Eduardo Spohr – (1976 – Dias atuais)

Autor nacional e um dos principais nomes da literatura fantástica no país. Seu primeiro livro, “A batalha do Apocalipse”, foi lançado pelo próprio escritor e divulgado por ele, a obra caiu no gosto dos leitores e ainda no início de sua divulgação, o autor chegou a vender mais de 4 mil exemplares.

Atualmente, além de escrever, o autor participa de feiras, podcasts e movimenta muito o cenário da literatura fantástica. 

E. L. James (1963 – Dias atuais)

Sob o pseudônimo E. L. James , a autora Erika Leonard James começou escrevendo uma fanfiction, depois da repercussão entre os leitores do site, a autora partiu para a autopublicação.

O livro ficou tão famoso que ganhou continuações e obras cinematográficas, você provavelmente já ouviu falar, ou leu, “50 Tons de Cinza”. A escritora vendeu mais de 125 milhões de cópias de suas obras, traduzidas para centenas de idiomas. 

Na UICLAP acreditamos que quem determina se um livro é bom ou não, é o leitor.

Acreditamos que todo escritor deve ter a chance de publicar um livro de maneira simples e prática. 

Acredite no seu conteúdo e trabalhe nele, os leitores acreditarão também. Poderíamos citar inúmeros autores renomados que saíram da autopublicação para o mundo, Mark Twain, Lisa Genova, Liev Tolstói, Marcel Proust, dentre outros. 

Os autores acreditaram no potencial do seu material publicado, fizeram marketing e incentivaram os leitores a fazer o mesmo, muitos deles mantiveram contato direto com os leitores e sabiam ouvir suas percepções. Acima de tudo, acreditaram em si mesmos. 

Acredite você também, venha para UICLAP materializar o seu sonho de publicar.

05 Escritores Autopublicados Que Se Tornaram Best-sellers

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo