Adolescente de 16 anos, de Mirassol, apresenta ‘tudo que me foi tirado’

Por: Francine Moreno

A estudante de cabelos coloridos e muitos sonhos já lançou dois livros físicos e também já participou de antologias. E quer ainda muito mais

Um sonho de criança que está se tornando realidade. É assim que pode ser definida a trajetória da escritora Tainá Barcelos Marcelino, a Tainá BM, adolescente nascida na cidade de Mirassol. Ela, que sempre gostou de contar e ouvir histórias, tem dedicado os seus últimos quatro anos a criação de textos, em especial poemas. A estudante de cabelos coloridos e muitos sonhos já lançou dois livros físicos e também já participou de antologias. E quer ainda muito mais.

Com muita delicadeza, Tainá, que tem 16 anos, aborda situações e dilemas recorrentes entre jovens em seus textos. O livro que acabou de lançar é “Tudo que me foi tirado”, que tem 160 páginas, é dividido por capítulos e foi uma publicação de forma independente. O livro pode ser adquirido pelo site da UICLAP, uma startup de autopublicação, venda, impressão e distribuição de livros impressos.

Na história, o Brasil não está na melhor das épocas para aqueles que pensam. Em 1970, ditadura militar, Ana se torna órfã após seus pais serem assassinados por militares. Vivendo em meio ao caos, a garota acha que não existe mais esperança, até que acaba por descobrir que é uma bruxa e que sua família tinha mais segredos do que imaginava. A garota então embarca em uma aventura repleta de descobertas sobre si mesma e seu novo mundo quando passa a estudar na Academia Agnes para pessoas mágicas, descobrindo até onde a obscuridade e segredos podem ir.

O livro é uma fantasia repleta de mistério e ação, que mistura realidade e imaginação. “A obra envolve bruxos, seres místicos, espadas e outras criaturas. A história, que se passa durante a ditadura militar no Brasil, conta a história de Ana. Após ter os pais jornalistas assassinados, ela descobre que é bruxa e que tem uma jornada a trilhar.” A escritora conta que decidiu lançar o livro por um motivo especial. “Porque ele tem uma história diferente e que me cativou. É o meu gênero favorito. Escrevi ele com meu coração e quero sempre continuar a lançar mais histórias”.

A ilustração da capa é assinada por Larissa Chagas. Segundo a jovem escritora, o objetivo do livro é atingir pessoas que se interessam por universos fantásticos e deixar uma mensagem na mente de cada leitor. “A obra é indicada para os leitores acima dos 12 anos, mas principalmente jovens da minha faixa de idade”, indica Tainá.

Tainá escreve textos desde bem pequenina. Aos 12 anos, a mirassolense teve um conto publicado em uma antologia chamada “Metades”. “Tenho curiosidade de criar histórias desde pequena. Comecei a registrá-las no papel aos oito anos depois de ler algumas histórias na internet.”

Aos 14 anos, Tainá publicou o livro “As doces verdades de seus lábios”, que ela define “como textos sobre amor, dor, movimentos sociais e arte, ideias ecléticas que buscam fazer pessoas se identificar, como toques suaves e deslizantes.” A obra tem 90 páginas e foi publicada pela editora Sekhmet. “São poemas sobre dores, transtornos mentais e sentimentos”, revela Tainá.

A mirassolense também participou da antologia “De Noites em Claro”, da editora Edições e Publicações. Inquieta, a adolescente pretende seguir carreira como escritora. Interessados em conhecer o trabalho dela podem entrar em contato por meio do Instagram @iswriterinthedark.

História envolve bruxos, seres místicos e outras criaturas

Fonte: Diário da Região

Adolescente de 16 anos, de Mirassol, apresenta ‘tudo que me foi tirado’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo