Publique na UICLAP – Dicas Mochilão Literário Uiclap

Por: Sol Monteiro

Publique por conta própria e faça uma festa! Dê um presente a você mesmo, à sua família ou aos seus amigos.

É importante avisar que, se você deseja tornar a escrita como principal ferramenta de trabalho, então terá de deixar a preguiça de lado para desenvolvê-la.  Se o objetivo é trabalhar com a escrita, infelizmente é preciso ter o hábito diário da escrita, outro objetivo é treinar sua criatividade.

Isso ajuda muito no desenvolvimento da escrita, afinal de contas você irá aprender coisas novas que podem ser aplicadas a sua escrita.

É perfeitamente possível fazer-se um livro tão bem-acabado quanto os das editoras mais conceituadas.

Dicas poderosas para os autores independentes:

1.  ESTUDE ANTES DE ESCREVER

Estude e busque referências nos livros best-sellers da mesma área de seu interesse. Desta maneira, o seu livro terá mais chances de ser um sucesso.

2. CONTRATE UMA EDITORA PRESTADORA DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS

Publicar um livro não é só imprimir. Respeitar todos os processos de publicação é fundamental para que fique com qualidade profissional.

3. MANTENHA UM BLOG E REDES SOCIAIS ATIVAS

Cultive um relacionamento com o seu leitor. Tenha canais abertos de comunicação para resenhas e discussões como blog e redes sociais.

4. NÃO TENHA MEDO DE INVESTIR EM SEU PROJETO

Para autores independentes, arcar com os custos de publicação pode ser a melhor saída no começo da carreira. Afinal, se nem você apostaria em sua ideia, por qual razão uma editora tradicional arriscaria fazer este investimento?

5. NÃO PARE DE PUBLICAR!

Autores independentes devem estar ativos. Utilize financiamento coletivo ou pré-venda para alavancar a sua próxima publicação e estar sempre em contato com o seu leitor

Faça a produção do seu livro você mesmo.

  • Diagramação e paginação. Metade do efeito visual de um livro decorre da maneira como o texto é distribuído nas páginas. Quanto mais experiente for o profissional que presta o serviço.
  • Capa. Assim como a diagramação, o impacto da capa é violento e um dos principais atrativos do livro em livrarias. Investir num profissional competente e experiente vale a pena.
  • Impressão. Devido à variedade de tecnologias disponíveis. Vale a pena comparar os produtos acabados de diferentes gráficas para escolher a que mais interessa.
  • Distribuição. Existem alguns mecanismos de distribuição acessíveis a autores, ainda que não funcionem como a distribuição nacional de editoras comerciais. Algumas livrarias aceitam consignações, sites e editoras de livros eletrônicos fazem a venda virtual. São apoios que ampliam um pouco a venda direta pessoal.
  • Divulgação. Todo lançamento no tumultuado mundo da cultura precisa ser feito com o máximo de barulho para obter algum retorno. Uma assessoria de imprensa habituada a trabalhar com livros costuma dar bons retornos. Seu trabalho é complementado pela coleta de clippings, mas é claro que isso é aplicável somente para obras que tenham algum apelo para a imprensa.

Sobre o Mochilão Literário Uiclap

O projeto nasceu em 29 de junho de 2020, num grupo de WhatsApp onde três escritores se uniram para a leitura conjunta e divulgação dos autores. A partir de então, surgiu a ideia da criação do selo Mochilão, com as coletâneas temáticas. Elas são feitas para a divulgação dos participantes e os direitos autorais são destinados para instituições de caridade. A primeira foi a coletânea de Natal, batizada de Quando o espírito do Natal nos Aquece. Um café para começar reúne novamente diversos escritores, fazendo com que o selo continue ativo e firme em seu propósito social.

Publique na UICLAP – Dicas Mochilão Literário Uiclap

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo