Como Escrever Um Livro? Guia Prático De Como Começar!

Como Escrever Um Livro

Escrever um livro é uma ideia genial, muitas vezes faz parte da lista de metas de vida de várias pessoas. A grande maioria acaba desistindo, porque não faz ideia de por onde começar ou o que fazer. Se este é o seu caso, não se preocupe! Vamos te ensinar o passo a passo para que você não desista!

Passo 1: Pense na história e crie um rascunho

Pode parecer bobagem, mas não é. Já teve a sensação de que a sua ideia sobre alguma coisa era brilhante, mas no momento que vai falar a respeito, tudo some da sua cabeça? Pois é! Esse passo é essencial para evitar episódios assim. 

Mas olha, nessa fase você não precisa se preocupar em passar detalhes para o papel ou criar uma história enorme, não precisa ter todos os pontos idealizados, tampouco precisa começar a pensar que ninguém vai querer ler. Esse passo consiste em construir um rascunho, passar para o papel a ideia central exatamente como lhe vem à cabeça. O brainstorming não precisa ser detalhado, basta que você anote tudo o que acredita que será criativo, interessante e legal. Nessa parte do processo, o nosso conselho é: Divirta-se!

Passo 2: Desenvolva a sua ideia e crie personagens

Agora sim, você vai precisar ser mais profissional nessa etapa. Afinal, essa é a construção de um livro e precisa de dedicação. 

Você precisa dar um desenvolvimento à sua ideia. Escolher e criar personagens, características deles, pensar no principal do enredo que vai levar o seu texto ao ápice e à conclusão. 

Aqui no blog, temos muito material que pode te ajudar a separar e escrever os elementos que vão desenvolver a sua história: 

Seja qual for a forma que escolher para desenvolver a sua história, lembre-se que essa fase não vai acontecer de uma hora para a outra. Não se apresse, tire tempo para desenvolver bem seus personagens e pontos essenciais do seu enredo.

Passo 3: Faça um esboço de tudo que escreveu até aqui

Esse esboço não precisa ser impecável, na verdade, não deve ser impecável, pois ele vai funcionar como um meio de verificar como está o desenvolvimento da sua criação. Será um jeito de saber se o seu texto realmente funciona como história. 

O esboço funciona como uma primeira versão da sua história. Pode ser que ele saia bem feio, mas não é motivo para desespero! Essa não é a fase da autopublicação. 

Aceite essa primeira versão como uma possibilidade de melhorar. Sem cobranças! Este será o momento para você desenvolver a sua disciplina. Afinal, para realizar as alterações que desejar, você vai precisar dedicar tempo para escrever. Caso não seja possível fazer isso todos os dias, comprometa-se a fazer isso toda semana. É essencial que você pratique a sua escrita. 

Feito isso, partimos para o próximo passo.

Passo 4: Trabalhe o seu enredo

Para melhorar um primeiro esboço ou primeira versão de um texto, é preciso entender para onde vai o seu desenvolvimento. Isso é parte de trabalhar o enredo

O início foi escolhido? Personagens estão definidos? Terá clímax? Haverá conflito? Fará tramas secundárias? Vai trabalhar alguma jornada? Pesquisou a ambientação? Pesquisou o tema principal para desenvolvê-lo melhor? Escolheu a localização do texto? Quais serão as bases para cada parte? Quais as escolhas dos envolvidos que levarão a história a um final? 😰

Essas são apenas algumas perguntas que você pode fazer para trabalhar o seu enredo. 

Tome tempo para pesquisar os elementos narrativos que deseja explorar. Como essa é a sua primeira experiência, entender as construções e como uma história pode ser contada, vai te ajudar a lapidar o seu texto. Novamente, é importante deixar claro: não pode haver pressa! 

Um livro demanda tempo. Para que uma história fique realmente boa, ela precisa ser criada sem pressa.

Passo 5: Deixe o texto descansar e descanse também!

Parece esquisito, mas é necessário descansar. 

Veja, você já escreveu uma versão, fez pesquisas e lapidou a sua história, construiu uma base bem sólida para a sua ideia. Agora para ter certeza que ela está realmente como imaginou, é preciso criar um afastamento do texto. Isso não significa que seja um afastamento longo. 

Essa pausa deve ter um tempo limite pré-estabelecido, por exemplo, um mês, vinte dias… Um pouco mais ou um pouco menos dependendo do quanto você achar necessário.

Passo 6: Revise o seu livro, comece a trabalhar a edição

Pausa encerrada, hora de voltar. Nessa fase os passos podem ser realizados apenas por você, ou pode-se optar por uma ajuda profissional. 

Essa é a fase de revisão do texto, hora de realizar pequenas melhorias no que já foi criado, hora de permitir que outra pessoa leia e, a partir dessa visão externa, você poderá fazer alterações, caso sejam necessárias. 

Além da melhoria na qualidade da história, é hora de melhorar a qualidade do texto, trabalhando a sua gramática, ortografia, coesão e coerência. Por isso deixamos ao seu critério se fará tudo sozinho ou se optará pela contratação de um profissional. 

Pense no seu livro como um pequeno investimento, de acordo com a sua realidade, você pode contar com o auxílio profissional para deixar a sua história ainda mais bonita e adequada. 

Nessa fase o principal ponto é entender se a sua trama tem um propósito, se ela atende as expectativas, se faz sentido. Cuide das pontas soltas e cuidado com as soluções fáceis demais.

Passo 7: Cuide do espelho do seu livro

Tudo pronto? Tem certeza? Está exatamente como imaginou? Perfeito! Agora é hora de cuidar da estética, ou seja, do espelho da sua história. 

Você pode contar com uma diagramação profissional para ajustar o seu texto no tamanho e nas proporções que facilitem a leitura, que sejam confortáveis ao leitor e estejam dentro do que você espera da parte estética do seu livro. 

Temos algumas dicas de diagramação básica, que pode te ajudar nessa fase. Deixe a sua imaginação voar e melhore cada pequena parte do seu livro. Deixe-o realmente com a marca do seu sonho. 

Nessa etapa é importante que você também pense na capa e em qual será o modelo, de acordo com os tamanhos disponíveis na plataforma da UICLAP. Caso opte por um auxílio profissional, não esqueça de solicitar que o ilustrador, designer ou capista contratado veja as especificações de medidas no site da UICLAP, assim você se assegura de que o projeto sairá exatamente como esperado. 

A partir deste ponto as próximas decisões são com respeito aos registros de ISBN, Ficha Catalográfica e Direitos Autorais. A UICLAP não exige nenhum desses registros para publicar, mas deixa sempre que o autor decida o que deseja para o seu próprio material. É importante que você entenda para que serve cada um desses registros antes de se decidir. 

Tudo pronto, agora é a tão sonhada hora de publicar! Sim, publique seu livro com facilidade na nossa plataforma! Não esqueça de escolher os materiais de impressão, o valor que deseja ganhar, confira se todas as suas informações de cadastro  e as informações do livro estão corretas. Siga o passo a passo para publicação e pronto! 

Seu livro estará na nossa loja em tempo real! Demais né?! 

Com passos simples e planejamento, a autopublicação se torna possível! Não engavete os seus sonhos, se planeje, escreva e conte com a UICLAP para materializá-los.

Como Escrever Um Livro? Guia Prático De Como Começar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para o topo